domingo, 15 de junho de 2008

Anatomia da Capital

Não importa o que digam os mapas.
Para mim a Borges só começa depois de passar a ponte sobre o lago.
Só começa depois que a gente é engolido pelos prédios gigantes.
Pela boca do centro.
A boca de Porto Alegre.
Que engole a luz e as pessoas.
E as leva para as sombras.
Indo mais ao fundo, pela garganta, encontramos o viaduto.
Já submersos, dentro do estômago, encontramos o verdadeiro Centrão.
Mares e mares de gente e de muitas outros bichos mais.
O centrão, junto com os bichos, respira.
Mas e o Coração?
Aonde está o coração de porto alegre?
Ah! Esse sim!
Esse é o engolido.
Porto Alegre não tem um coração só não.
Tem mais ou menos 1.5 milhões de corações por ai.
Os que já foram, os que estão sendo e os que virão a ser.
Todos pulsando.
Juntos.
Dando ritmo
Às nossas vidas.


Lorenzo G.G.

Um comentário:

Cínthya Verri disse...

liiiiiiiiindo
seu lindo!
Beijos de mim pra ti!!