sábado, 5 de abril de 2008

Relações de "amor"

Bom...

Eu queria falar um pouco sobre o texto abaixo (Raro Diálogo).

O que foi mostrado, foi uma discussão muito comum entre duas pessoas.Os dois personagens discutiam um com o outro sobre uma relação de "amor" extremamente possessiva.

Na nossa atual sociedade a grande maioria das relações se inclina na tentativa consciente\inconsciente de controlar as pessoas. Em função disso, a palavra "amor" foi escrita em letra minúscula e com aspas.

Quando se está amando verdadeiramente, as tentativas de controle são deixadas de lado e o amante valoriza a autonomia e busca sua felicidade. Essa realização é o que possibilita aos amantes serem realmente livres.Só assim podemos nos referir ao Amor com letra maiúscula e sem aspas.

Quando nos encontramos desconectados de nós mesmos e tentamos controlar a vida dos outros é aconselhável despertar!

Um simples, porém extraordinário ato de CARINHO...

Por que fiz questão de que o Carinho fosse dito pelo personagem"Não importa"?

Porque quando existe Amor,não importa quem é o sujeito apaziguador.

Não existe competição e sim a consciência de ambos de que aquele bate-boca não vai dar em nada.


Lorenzo G.G

Um comentário:

Alex disse...

realmente, acredito que grande parte (ou todas :x) das relações que temos com outras pessoas, de forma consciente ou não, tentamos controla-las, o que consequentemente pode trazer desconforto e problemas de convivência. infelizmente é dificil perceber quando agimos assim e quando nos damos conta já fomos egoístas. pelo menos é o que acontece comigo.



gostei muito do teu texto, parabéns!


abraço