segunda-feira, 21 de abril de 2008

Letras

Já pararam para pensar em como as letras são inteligentes. O “g” não se queixa de ficar ao lado do “o”.

Agora, se você escrever o “q” sem o “u” ele fica incomodado.

Quando elas se sentem desconfortáveis, vão dando sinais de que gostariam de ser reescritas. Já imaginaram se as letras não conversassem com a gente?

Que bagunça que seria... Umas vogais pra cá, outras consoantes para lá... Tudo bagunçado... Não ia dar pra entender nada!

Quando lemos algo bom e bonito as letras chegam a brilhar de uma outra maneira. Enquanto escrevo, algumas letrinhas soltam um leve sorriso, outras enchem a boca de felicidade.

Tão lindo ver suas carinhas jogadas e seus corpinhos nessa folha branca.

-Incríveis...


Lorenzo G.G.


Nenhum comentário: